Website Ribbon ::: TampaBlog! ::: [v.2]
Quem procura acha..
 
Passou..
Assine o RSS do TampaBlog

Digite seu e-mail abaixo:

Delivered by FeedBurner


Curiosidades
Noticias
Vídeos
Downloads
Games
Dicas
Tecnologia
Tirinhas
Imagens
Campanhas/Memes
Click Cinema
Entrevistas
arucUOL<




Adcione o TampaBlog banner!



Top 20 Sedentário e Hiperativo
Jacaré Banguela
Bobagento
Ah Tri Né


Gulp
Controle Remoto
Blog do Noel
Empresas JVS
Teobaldo HP
DownBr




addtomyyahoo4Subscribe in NewsGator Online
Add to My AOL Subscribe in Rojo
Subscribe with BloglinesAdd to netvibes
Add to Google



Visitantes OnLines








IsFree.TV

[sábado, 11 de agosto de 2007]

Lula?


Segundo estudo realizado pelo grupo Zogby e pelo centro de estudos Diálogo Interamericano, apenas 10% dos entrevistados americanos conheciam Luiz Inácio Lula da Silva.
Para se ter uma idéia, o presidente mexicano, Felie Palderón, alcançou a margem de 20%.

"O presidente George W. Bush disse em muitas ocasiões que o México é um dos aliados mais importantes do país e no entanto só um de cada cinco americanos conhece o nome de seu governante. É horrível", disse à agência Efe o presidente do Diálogo Interamericano, Peter Hakim.

Apesar da falta de conhecimento sobre os países vizinhos, em entrevista, os americanos apontaram o Brasil como segundo maior aliado dos E.U.A.. Em primeiro lugar foi destacado México e em terceiro Costa Rica.

Quando perguntados sobre os piores inimigos dos Estados Unidos na América Latina, Cuba ficou em primeiro lugar, seguido de Venezuela. Colômbia ocupa o terceiro colocado.

"A percepção dos americanos sobre a Colômbia está absolutamente equivocada. O país é o que mais recebe ajuda externa dos EUA no mundo, depois das nações do Oriente Médio e do Afeganistão", disse Hakim, surpreendido.

Dos adultos ouvidos, 58% disseram que os EUA deveriam começar a negociar com o Governo de Cuba para melhorar as relações entre os dois países, e 56% defenderam o fim do embargo econômico sobre o regime cubano.
Em relação à América Latina, 29% consideraram "adequada" a gestão do Governo americano, mas 60% foram contrários.

O presidente do Diálogo Interamericano considerou que um dos possíveis motivos do profundo desconhecimento é o fato de que os meios de comunicação tendem a se concentrar em Cuba e Venezuela. "Sabíamos mais da doença de Fidel Castro do que das eleições no México e dos acontecimentos na América Latina", comparou.

O estudo foi feito através da internet, ouvindo 7.362 adultos dos Estados Unidos entre 27 e 30 de julho de 2007. A margem de erro é de mais ou menos 1,2 ponto percentual.

Fonte: G1

Marcadores:



Por Tampa às [12:36]  |   |





::: TampaBlog! :::
Solte o Verbo! Comunidade TampaBlog! Blogs que leio Assine o RSS